sexta-feira, 11 de junho de 2010

Texto - Fernanda Brum , Liz Lanne & Eyshila Visitam a Lagoinha .

O dia 8 de junho de 2010 foi um dia muito especial pra mim. Fui visitar a Estância da Lagoinha com Fernanda Brum, Liz Lanne, Raquel Malafaia, Elizete Malafaia, Elisabeth Malafaia e Márcia Leal. Estávamos em família e entre amigas. Ao chegarmos lá fomos recebidas com muito carinho pela Pastora e Intercessora Ezenete Rodrigues e sua auxiliadora fiel, Lídia, que também é parente da Fernanda. Para a nossa surpresa também fomos agraciadas com a presença da Ana Paula Valadão Bessa, essa grande mulher de Deus, que separou esse dia em sua agenda lotada de afazeres, incluindo cuidar de seus três principes, Pr. Gustavo, Isaac e Benjamim, pra estar conosco, em comunhão.

A Estância da Lagoinha parece um sonho, um pedacinho do Éden antes da queda do homem. Quando a gente chega sente logo um arrepio que vai da cabeça aos pés. O cheiro de mato, as árvores, as flores, o barulho das fontes, o carinho dos irmãos, a shekinah de Deus. É algo inexplicável o que vivi ali. Muitos, inclusive a Fernanda, já haviam me falado de lá, mas o que eu vi superou todas as expectativas. Se existe o HOSPITAL DA ALMA, é lá mesmo. Chegamos na hora do almoço e comemos aquela comidinha mineira. Ai, que delícia! Depois ficamos à mesa, conversando, contando e ouvindo histórias. Ouvimos testemunhos de libertação, de cura interior e até histórias de amor. Deus já estava trabalhando em meu coração de uma forma sobrenatural. Eu não sabia se ria ou chorava, tamanha era a presença do Senhor ali conosco. Na comunhão o Senhor ordena a bênção mesmo. Depois fomos para o quarto onde ficaríamos hospedadas. Fiquei em um quarto com Liz, a Fernanda e a Raquel, enquanto a Pastora Elizete, sua irmã Bete e nossa cunhadinha Márcia ficaram em outro de frente para o nosso. Que lugarzinho mais aconchegante. Naquele momento ouvimos um testemunho lindo contado pela Ana Paula, que nos deu ainda mais alegria, e fez com que nos sentíssemos ainda mais amadas pelo nosso Deus. Não deu nem pra desfazer direito as malas, pois teríamos uma agenda bem apertada pela frente. Saímos daquele lugar e fomos para a Casa Samuel, um abrigo para crianças, dirigido pela pastora Ezenete, e logo fomos recebidos por aquele coral lindo que cantava:
“NÃO É TARDE PARA SE SONHAR. O CÉU AINDA É AZUL, HÁ ESPERANÇA. É SÓ OLHAR NO OLHAR DE UMA CRIANÇA. NO SORRISO DE UMA MÃE QUE DEU A LUZ.”
Meu Deus, que coisa mais linda! Ver aquele coral de crianças que um dia foram rejeitadas, cantando que ainda há esperança, que vale a pena sonhar. Ficamos ali parados, sem saber se chorávamos ou se agarrávamos cada uma delas e beijávamos sem parar. São meninos, meninas, adolescentes e até jovens que não desistiram. São guerreiros, bravos homens que venceram. Conhecemos a casa, que foi toda reformada com muito bom gosto e muitas pitadas de amor, para atender a esses futuros profetas. A pastora Ezenete não poupou esforços. Ela e sua equipe deram o melhor, e Deus veio com o sobrenatural. Fiquei impactada.
Saímos de lá e fomos para o Centro de Intercessão da Lagoinha, que fica próximo ao AMGI, um lugar deAPOIO A MULHERES COM GRAVIDEZ INDESEJADA. O Centro de Intercessão é o cérebro de tudo. É de lá que vêm todas as revelações sobre o que Deus deseja fazer, e como Ele não rejeita o potencial humano, mulheres e homens com o dom da ciência e do conhecimento se levantam com autoridade pra orar e colocar em prática o que Deus planejou.É algo tremendo. A pastora Ezenete (sou fã dessa mulher), com a sua equipe, trabalham incansavelmente nesses projetos. Eles planejam toda a estratégia de guerra espiritual que antecede as gravações dos CDs e DVDs do Diante do Trono, sustentam em oração a igreja da Lagoinha e todos os ministérios ligados a ela, e ainda dão conta de salvar vidas de bebês candidatos ao aborto. É isso mesmo! O AMGI é a coisa mais linda que já vi. As mulheres chegam ali desesperadas, angustiadas, abandonadas, querendo ajuda pra abortar seus bebês. O AMGI as abraça, cuida delas com todo amor, dá comida, suporte, apoio espiritual e emocional, e ainda se oferece pra ficar com o bebê caso a mãe não o queira de fato. Na maioria dos casos as mães ficam com seus filhos, porque recebem comida, acompanhamento pré-natal, ajuda no parto, roupas, além de serem ministradas e libertas pelo poder do nome do Senhor. Acima de tudo, elas recebem o que mais desejam e precisam na vida: muito amor. Aquele lugar é feito de amor. Depois de termos feito um lanchinho gostoso com direito à pão de queijo mineiro, participamos da consagração de três crianças que nasceram, cujas mães foram amparadas pelo AMGI. Já foram mais de 150 crianças salvas em um ano e meio apenas. Mais emoção, mais lágrimas e muita presença de Deus. Depois demos uma passadinha na Escola de intercessão e cantamos um pouquinho, Eu, Fernanda, Liz e Raquel. Saímos correndo de lá, porque tínhamos que pegar o finalzinho do culto do Pastor André Valadão, que ele dirige há 10 anos na igreja Batista da Lagoinha. Havia aproximadamente 6 mil pessoas no templo, a maioria de jovens. Que coisa linda, gente! O pastor estava finalizando uma mensagem maravilhosa sobre o Salmo 23. Foi outro momento muito especial quando o Senhor me dirigiu a contar pra eles como havia surgido a amizade entre mim, a Fernanda e a liz Lanne, e como Deus havia me dado a canção ESPIRITO SANTO, gravada pela Fernanda e regravada por mim.

Ministramos juntas, e foi algo sobrenatural. Uma unção de amor estava sendo derramada sobre nós. Se já nos amávamos, passamos a nos amar mais ainda. Depois a Pastora Elizete Malafaia encerrou com uma palavra maravilhosa, impactante, dando continuidade ao que havia sido ministrado. Então o pastor André fez o apelo e muitas almas se entregaram a Jesus. Enquanto isso estávamos ali abraçadas, chorando, orando, agradecendo a Deus por esse momento de glória e poder em sua presença.
Saímos dali e tomamos um caldinho mineiro junto com os irmãos porque ninguém é de ferro, né?! Voltamos pra Estância e tomamos aquele banho quentinho, achando que íamos dormir. Mas Deus tinha OOOOOUUUUUUtros planos, rsrsrs. Ficamos todas amontoadas no quarto da Elizete, estava muito frio e foi bom pra aquecer. Conversamos, contamos CAUSOS, demos boas gargalhadas, do jeitinho que amigas gostam de fazer, e quando pensávamos que íamos dormir, lá pelas 4 da manhã, o Senhor nos visitou com mais uma rajada de poder; ficamos orando e cantando ao som do meu violão mais ou menos tocado. Eu e a Fernanda nos revezávamos enquanto a pastora Ezenete orava por cada uma de nós. Foi muito lindo o que Deus fez ali naquela vigília de comunhão e adoração. Não vou revelar os detalhes, mas a eternidade nos dirá o quanto fomos restauradas pra esse novo tempo que está por vir sobre nossas vidas. Deitamos à tempo de tirar um cochilo, e acordamos ao som do shofar, anunciando que era hora das guerreiras acordarem pra mais um dia de batalha, mais um dia de vitória. Quando levantamos, parecia que havíamos dormido a noite toda. Estávamos felizes e bem-humoradas. Deus havia nos restaurado, aleluia!
Tomamos aquele cafezinho mineiro e fomos para o aeroporto, dessa vez somente eu, Fernanda, Liz e Raquel. As outras tiveram o privilégio de ficar um pouco mais. Bem que gostaríamos, mas nossas agendas não permitiram. Ficou aquele gostinho de quero mais. Com certeza voltaremos com nossas famílias. Já estamos até planejando.
Quero registrar aqui o meu amor e a minha gratidão por esse povo tão maravilhoso que nos recebeu. Jamais teremos como retribuir tamanho carinho e dedicação. Uma nova aliança nasceu, um novo tempo nos espera. Tenho aprendido que sozinhos podemos até chegar a algum lugar, mas juntos nós podemos ir muito, muito mais longe. Sinto que Deus vai nos fazer alçar vôos ainda maiores a partir desse momento. Posso ver a mão de Deus nos fazendo crescer com as experiências de nossos novos amigos, e nos usando pra compartilhar com eles as nossas. Posso ver Deus quebrando paradigmas, preconceitos, paredes denominacionais. Essa é a igreja dos últimos dias, a igreja do arrebatamento. Uma igreja que ama por amar, que serve por servir, e que se prepara pra subir.
Gostaria indicar o site http://amgi.org.br/ , pra que vocês conheçam um pouco mais do tabalho dessas mulheres admiráveis que, sob a direção da pastora Ezenete, se gastam e se deixam gastar por amor às vidas dessas mulheres e crianças que satanás tem tentado ceifar. Se vc quiser saber mais sobre a Estância da Lagoinha e o Projeto Restaurando Vidas, visite o site http://www.lagoinha.org.br/estanciaparaiso/ . Agora somos parceiros dessa missão tão linda. A Associação Vitória em Cristo, Eu, Fernanda, Liz Lanne, Raquel Malafaia, e muitos outros apoiamos a esse ministério. Se você também quer ser um parceiro, visite o site e saiba como. É semeando em terra fértil que se tem uma boa colheita. Semeie salvação e colha salvação. Semeie vida e colha vida. Semeie amor e sinta-se amado como nós nos sentimos nesses dias. Você vai ficar como nós: com o rosto coberto de lágrimas e um gosto enorme de QUERO MAIS.
Agradeço a Pastora Ezenete, Lidia e toda a equipe maravilhosa que há por trás desse projeto. Agradeço a Ana Paula Valadão Bessa pelo carinho e pelo privilégio de sua presença. Agradeço ao pastor André Valadão e sua linda esposa, pastora Cassiane, pelo carinho com o qual nos receberam. Só Deus poderá recompensá-los por tudo.
Gostaria de deixar essa canção como homenagem a essas PESSOAS FEITAS DE AMOR. São nossos amigos, mas primeiro são AMIGOS DE DEUS. Amo vocês!

Fonte : www.profetizandoasnacoes.com
www.diariodaeyshila.com
Olá! Se você ainda não assinou, assine nosso RSS feed e receba nossas atualizações por email, ou siga nos no Twitter.
Nome: Email:

0 comentários:

Postar um comentário

2leep.com
Blog Fernanda Brum News. Tecnologia do Blogger.